A United Arab Shipping Company (UASC) baptizou o MV Barzan, um navio com capacidade para 18 800 TEU, movido a GNL, que se afirma como o mais ecológico e eficiente da actualidade.

UASC -Barzan

Quando foram encomendados, em Setembro de 2013, estes navios (além do agora baptizado haverá mais seis para entrega) eram os maiores de sempre, maiores que os Triple-E da Maersk Line. Entretanto foram ultrapassados mas mantêm-se como os primeiros preparados para operarem exclusivamente a Gás Natural Liquefeito.

Construído nos estaleiros da Hyundai Samho Heavy Industries, na Coreia do Sul, o MV Barzan estabelece novos standards em termos de eficiência energética.

Os cálculos prévios da UASC apontam para que os novos porta-contentores apresentem um Índice de Projecto e Eficiência Energética (EEDI, de Energy Efficiency Design Index, na sigla em inglês) das Nações Unidas, que vigora desde Janeiro último, 50% abaixo do limite estabelecido para 2025.

O MV Barzan emite menos 60% de CO2 por TEU do que um navio de 13 500 TEU de há três anos.

Os novos navios de 18 800 TEU juntar-se-ão à frota de porta-contentores de 15 000 TEU que a companhia está a receber desde Novembro de 2014, e operarão os serviços da aliança Ocean Three entre a Europa e a Ásia.

A UASC ainda vai receber 11 navios de 15 000 TEU e seis de 18 800 TEU. Dez deverão ser entregues ainda este ano e os restantes sete ao longo de 2016.

 

Tags:

Comments are closed.