c

Em Outubro matricularam-se 33 697 comerciais de +3,5 toneladas. Destacaram-se os ganhos do Reino Unido (67,9% para 8 211 matrículas) e de Espanha (48,1% para 2 961), secundados pela Alemanha (mais 7,3% para 8 124). Em sentido inverso, as vendas em França caíram 20,4% para 3 562 unidades, e na Polónia recuaram 15% para 1 395.

Em Portugal, registou a ACEA, foram matriculados no último mês 344 pesados de mercadorias (313 de +16t), o que representou um ganho homólogo de 2,4%.

No balanço dos primeiros dez meses do ano, a UE soma 235 415 pesados de mercadorias matriculados, mais 1,4% que há um ano. Entre os principais mercados destaca-se a Espanha, a subir 28,2% para as 12 704 matrículas. A Alemanha, o maior mercado, conta 73 106 (mais 6%) e a Itália 10 546 (mais 5,1%).

Em terreno negativo estão a França (menos 11% e 31 922 veículos registados), o Reino Unido (-9,5%, 33 268), a Polónia (-2,4%, 14 394) e a Holanda (-4,2%, 8 511).

Portugal é dos mercados que mais cresce (só superado pela Croácia e pela Eslovénia), com um ganho acumulado de 37,6% e um acumulado de 2 260 veículos.

Comments are closed.