Um ano depois do inicialmente previsto, a Mitsubishi Heavy Industries (MHI) entregou, ontem,  o AIDAprima à AIDA Cruises.

O primeiro de dois navios gémeos encomendados, em 2011, pela companhia alemã à MHI saiu ontem de Nagasaki em direcção a Hamburgo, onde chegará a 30 de Abril e terá a cerimónia de baptismo a 7 de Maio, dia do 827.º aniversário daquele porto alemão.

O AIDAprima desloca 124 500 toneladas de arqueação bruta, tem 300 metros de comprimento, 37,6 metros de largura e capacidade para transportar cerca de 3 300 passageiros e mais de 900 tripulantes. Conta com um sistema de lubrificação ar/óleo da Mitsubishi que, de acordo com o estaleiro, melhora a eficiência de consumo de combustível, bem como outras tecnologias inovadoras, entre as quais um sistema de abastecimento de combustível a gás natural e sistemas de tratamento de gases de última geração.

O AIDAprima realizará cruzeiros de sete dias na Europa Ocidental, com partida e chegada a Hamburgo.

“Com o nosso novo navio porta-estandarte e os três outros que se lhe seguirão, a companhia continua a dar importantes impulsos ao crescimento do mercado de cruzeiros alemão. Estamos de novo a traçar novos caminhos ao sermos a primeira linha de cruzeiros com cruzeiros com saída da Alemanha ao longo de todo o ano”, afirmou, citado pelo comunicado de imprensa, o presidente da AIDA Cruises, Feliz Eichhorn.

A entrega do AIDAprima pela MHI aconteceu um ano depois do inicialmente previsto e após dois adiamentos. A primeira data adiantada pelo estaleiro japonês foi Março de 2015 e a segunda foi Setembro do mesmo ano. Tendo em conta que o prazo inicial de entrega do navio gémeo do AIDAprima era, Março de 2016, é presumível que Março de 2017 seja a nova data prevista.

 

 

 

 

 

 

Comments are closed.