A empresa angolana Transportadora de Cargas, Operadora de Terminais e Transitário (Unicargas) vai investir 35 milhões de euros na recuperação das infra-estruturas do terminal polivalente do porto de Luanda.

Celso Rosa, o presidente da Unicargas, disse à “Angop” que o investimento permitirá a aquisição de equipamentos, de modo a assegurar a operacionalidade daquele espaço portuário e vai abranger o cais do terminal de carga do porto da capital.

O presidente da Unicargas adiantou que o projecto a ser executado este ano já se iniciou com a elaboração de um estudo de viabilidade e pesquisa de parcerias e eventuais fontes de financiamento.

Outro investimento a ser feito pela empresa será no terminal de carga do Aeroporto Internacional de Catumbela, em Benguela, para que o Instituto Nacional de Aviação Civil (Inavic) possa licenciar o espaço e o aeroporto possa passar a prestar todo o tipo de operações.

A Unicargas vai igualmente este ano reforçar a sua frota actual de 230 camiões de carga, 117 dos quais estão operacionais, com a aquisição de mais 100 veículos, a fim de abrir três novas delegações nas províncias do Zaire (Soyo), Malanje e Cunene.

A Unicargas foi constituída há 30 anos, tem 733 funcionários distribuídos pelas províncias de Luanda, Benguela, Cabinda e Moxico, sendo que no final de Agosto de 2018 tinha uma dívida acumulada de nove mil milhões de kwanzas (cerca de 25 milhões de euros).

Comments are closed.