A UPS ampliou o serviço ferroviário multi-modal de cargas completas (FCL) e grupagem (LCL) entre a China e a Europa com a integração de seis novas estações.

UPS-China-Europa

As novas estações na China são em Changsha, Chongqing, Suzhou e Wuhan, que se juntam às já existentes em Zhengzhou e Chengdu. Os locais foram escolhidos pela sua proximidade a centros de produção industrial, comercial e cultural do país.

Na Europa, as novas paragens estão em Duisburgo e Vasrsóvia. Estas estações juntam-se às já existentes em Lodz e Hamburgo. Duisburgo foi escolhida por estar na área industrial do Ruhr e permitir o acesso ao transporte fluvial, ferroviário, rodoviário e aéreo. Já a opção por Varsóvia é justificada pela UPS por a Polónia ser uma economia crescente na União Europeia e ser um centro de e-commerce, investigação e desenvolvimento e produção industrial.

“Os nossos serviços ferroviários China-Europa podem gerar aos nossos clientes uma poupança de até 65% em relação ao serviço aéreo e melhorar o tempo de trânsito em 40%, quando comparados com o serviço tradicional marítimo”, refere, citada em comunicado, a presidente da UPS Global Freight Forwarding, Cindy Miller.

“Ao oferecer aos nossos clientes mais opções que permitem equilibrar custos e aumentar a velocidade de entrega, a UPS está empenhada em ajudar as empresas na China e na Europa a terem sucesso e a expandirem-se”, acrescenta a executiva.

 

Tags:

Comments are closed.