A UPS enriqueceu o serviço ferroviário Europa-China com a introdução da opção de carga Less-than-Container Load (LCL).

UPS - China-Europa

Disponível a partir da cidade chinesa de Zhengzhou para Hamburgo, a introdução da opção LCL é uma expansão da UPS na ligação ferroviária China-Europa ao longo do denominado ‘Cinto Económico da Rota da Seda’.

A companhia já disponibiliza, desde Junho de 2014, a solução Full Container Load (FCL), a partir de Chengdu para Lodz (Polónia) e de Zhengzhou para Hamburgo.

Segundo a UPS, os clientes que usufruíram deste serviço obtiveram reduções de custos na ordem dos 65%, quando comparado com o transporte aéreo, bem como poupanças de tempo de cerca de 40% em relação ao serviço de transporte marítimo realizado nas mesmas rotas. A empresa destaca ainda a questão ambiental do FCL.

A China e a União Europeia são os maiores parceiros comerciais a nível global dos últimos dez anos. O valor do comércio entre os dois blocos foi avaliado em mais de 600 mil milhões de dólares (546 mil milhões de euros) em 2014, valor que deverá ascender a um bilião de dólares (900 mil milhões de euros) até 2020.

A expansão do serviço ferroviário da UPS na China coincide com a transformação da indústria chinesa. O país está, segundo a empresa, a abandonar o modelo económico baseado em grandes volumes de produção com baixos custos para iniciar uma abordagem mais inovadora e focada na qualidade do produto.

Tags:

Comments are closed.