Animada pelo desempenho no trimestre, apesar do aumento dos custos do combustível e não só, a UPS prevê aumentar este ano os seus lucros entre 17% e 24%.

A companhia norte-americana reportou receitas consolidadas de 12,6 mil milhões de dólares no primeiro trimestre, mais 7,3% que no período homólogo de 2010. Os resultados operacionais (também consolidados) atingiram os 1,4 mil milhões de dólares (mais 21%).

A actividade de recolha/distribuição de pacotes nos EUA representou um volume de receitas de 7,54 mil milhões de dólares e contribuiu com 849 milhões de dólares para os resultados operacionais. Resultados melhores que os registados no primeiro trimestre de 2010, mesmo se os volumes médios diários caíram ligeiramente para os 12,67 milhões de pacotes. A explicação reside nos ganhos de eficiência e no comportamento dos produtos Premium.

Fora dos EUA, o segmento de pacotes valeu 2,9 mil milhões de dólares e contribuiu com 446 milhões de dólares para os resultados operacionais, com a margem a cair ligeiramente para os 15,4%.

Finalmente, os negócios da logística e carga registaram 2,14 mil milhões de dólares de receitas (1,99 milhões há um ano) e um resultado operacional de 131 milhões de dólares (mais 44% em termos ajustados).

Comments are closed.