Um novo voo de 12 400 km, sem paragens, entre os EUA e o Dubai, permite à UPS poupar um dia no tempo de trânsito para aquele mercado do Médio Oriente.

A operação é assegurada por um dos novos B747-8F. Nesta fase de lançamento tem uma cadência semanal, mas a partir do próximo dia 27 realizar-se-á todos os dias, entre terça-feira e sábado.

“Os Emirados Árabes Unidos fazem comércio com os 50 estados americanos e cresceram para se tornarem o maior destino de exportação dos EUA no Oriente Médio. A importância do Dubai como centro de comércio global aumenta todos os dias”, justificou Jim Barber, Presidente da UPS International. citado num comunicado emitido a propósito.

“O potencial de crescimento é ótimo para as empresas que acedem aos Emirados Árabes Unidos e outros setores industriais e comerciais em rápido desenvolvimento na região. O nosso novo voo é outro exemplo de como a rede de logística global inteligente da UPS, que transporta 3% do PIB mundial todos os dias, evolui constantemente para responder às exigências crescentes do comércio internacional”.

A nova rota é o voo regular mais longo da UPS e integra-se num serviço “à volta do muindo”, com partida e chegada ao centro de operações da companhia em Louisville.

Na verdade, o B747-8F sai de Louisville e voa non stop até ao Dubai. Daí segue para Schenzhen, onde se localiza a maior plataforma da UPS na China. O regresso a Lousiville é feito via Anchorage, no Alasca.

A UPS encomendou há dias mais 14 B747-8 cargueiros, num investimento de 5,65 mil milhões de dólares a preços de catálogo, para reforçar a sua frota de grande capacidade (137 toneladas de payload) e longo alcance.

Tags:

Comments are closed.