A Autoridade Portuária de Valência pretende estudar a viabilidade de um novo terminal de contentores, a localizar na ampliação Norte do porto.
MSC Valencia

Foi ontem publicado no Boletín Oficial del Estado o anúncio do concurso para a realização do estudo de viabilidade e concretização das obras a realizar para o desenvolvimento do futuro terminal. O prazo para a realização dos estudos é de 12 meses.

O porto de Valência era até há pouco o primeiro de Espanha (e da Península Ibérica) na movimentação de contentores, tendo perdido essa posição para Algeciras por causa de problemas socio-laborais com os trabalhadores portuários. Ainda assim, no final de Novembro somava 4,33 milhões de TEU, mais 1,8% que no período homólogo de 2015.

No entretanto, o plano de negócios da autoridade portuária prevê investimentos na melhoria das acessibilidades marítimas, com dragagens nas bacias de rotação e junto aos cais para permitir que todos os terminais de contentores existentes possam operar navios de +18 000 TEU.

Actualmente, o porto de Valência dispõe de três terminais de contentores, concessionados à APM, à MSC e à Noatum.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.