A Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) vendeu 3 350 toneladas de chapa de aço por um milhão de euros. Quinta-feira serão leiloadas as restantes 4 400 toneladas para a indústria naval, informou a comissão liquidatária.

O aço agora à venda destinava-se à construção dos navios asfalteiros encomendados pela venezuela PDVSA. No total são 15 700 toneladas de aço, que deverão representar um encaixe de até 5,5 milhões de euros, na previsão do presidente da comissão liquidatária dos ENVC, João Pedro Martins.

A venda das 3 35o toneladas agora concretizada segue-se a uma outra, de 8 000 toneladas, realizada em Dezembro, e que rendeu mais de “3,1 milhões de euros”.

“Esta venda é considerada pela EMPORDEF – holding do setor empresarial da Defesa Nacional e accionista da ENVC – uma operação de enorme sucesso que permite amortizar empréstimos contraídos pela ENVC, mitigando a dívida dos Estaleiros ao acionista, ao mesmo tempo que acelera o processo de liquidação da ENVC”, lê-se no comunicado, assinado por João Pedro Martins.

A venda do aço decorre do processo de encerramento dos estaleiros públicos, iniciado em 2013 após a subconcessão dos terrenos e infra-estruturas à WestSea, concretizada em Maio de 2014.

Os comentários estão encerrados.