As vendas de comerciais ligeiros 100% eléctricos estão a crescer em Portugal. A Renault Kangoo Express ZE é lider.

A mobilidade eléctrica está na ordem do dia e não é apenas nos veículos de passageiros. Também nos comerciais ligeiros, não obstante a oferta ser mais reduzida, as vendas de 100% eléctricos têm aumentado em Portugal.

Em 2017, de acordo com os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), foram vendidos 219 comerciais ligeiros eléctricos, um número bastante superior (+284%) aos 57 do ano anterior. Curiosamente, nesse ano houve uma quebra face às 66 matrículas de 2015 neste segmento.

Essa descida foi, porém, a excepção que confirma a regra desde 2011, com as vendas de viaturas ligeiras de mercadorias eléctricas a terem aumentos, não obstante não terem passado de números residuais. O números da ACAP apontam que, em 2011, este sub-segmento representou cinco matrículas, em 2012 valeu 16 unidades, e em 2013 atingiu 27, tantas quanto em 2014.

Em 2015 o mercado acelerou até às 66 matrículas, depois recuou um pouco para acelerar a fundo em 2017

Kangoo destrona e-NV200

No ano passado, o modelos mais vendido foi a Renault Kangoo Express ZE, que, com 109 matrículas (24 em 2016), “roubou” a liderança à Nissan e-NV200, o segundo modelo mais vendido, com 76 matrículas (30).

Peugeot Partner (21-1), Citroën Berlingo (11-2) e Piaggio Porter (2-0) foram os outros comerciais ligeiros eléctricos matriculados em Portugal em 2017.

 

Os comentários estão encerrados.