As vendas de veículos comerciais na União Europeia totalizaram 622 439 unidades no primeiro trimestre de 2018, mais 2,6% do que em igual período do ano passado, de acordo com a ACEA. Em Março, houve, contudo, uma queda de 2,5%.

Entre os “ cinco grandes” mercados, apenas o Reino Unido (-4,6%) registou descida de Janeiro a Março. Já Espanha (+9,2%), França (+6,2%), Itália (+4,8%) e Alemanha (+0,4%) melhoraram o desempenho face ao período homólogo de 2017.

Em Portugal, foram matriculadas 9 909 unidades, menos 0,3% em termos homólogos.

Em Março, as vendas europeias de comerciais caíram para 260 810 unidades, menos 2,5% do que um ano antes. Entre os principais mercados, apenas França (+7,7%) aumentou as vendas no mês. Alemanha (-7,6%), Reino Unidos (-5,9%), Itália (-3,5%) e Espanha (-1,9%), decresceram as vendas face ao mesmo mês do ano passado.

Em Portugal houve também um declínio nas vendas (-6,5%), para 3 797 veículos.

Camiões

Nos pesados de mercadorias, no primeiro trimestre do ano houve uma subida de 2,2% face ao período homólogo de 2017, tendo sido comercializados 94 328 camiões. Entre os maiores mercados, França (+9,7%), Itália (+8%), e Espanha (+5,6%) cresceram, mas já os mercados britânico (-10%) e alemão (-4,5%) tiveram sorte diferente.

Em Portugal, houve um crescimento de 0,9%, para 1 117 camiões.

Na análise isolada de Março, o mercado da UE representou 36 208 comerciais de mais de 3,5 toneladas, menos 3% do que há um ano.

Entre os cinco maiores mercados, todos caíram, com excepção para França (+5,6%). Quanto a Portugal, houve um “tombo”, com as 335 matrículas a representarem uma quebra de 25,4% face a Março de 2017.

 

 

Os comentários estão encerrados.