A Veolia saiu do capital da Transdev. Vendeu a sua posição de 30% na companhia ao germânico Rethmann Group por 340 milhões de euros, o que avalia o operador de transportes públicos em 1,13 mil milhões de euros.

O negócio foi anunciado em Outubro do ano passado, mas só agora se concretizou obtidas que foram as autorizações das autoridades da Alemanha, Áustria e Austrália. Antes, a Veolia já tinha alienado 20% na Transdev à francesa Caisse des Dépôts.

O grupo Rethmann, com negócios nas áreas dos transportes, alimentação e gestão de resíduos, comprou outros 4% da Transdev mediante a integração no grupo das actividades de transportes públicos da Rhenus Veniro, na Alemanha.

A partir daqui, a Transdev é detida em 66% pela Caisse des Dépôts, e em 34% pelo grupo Rethman. Sendo que o grupo público francês mantém de dois terços dos direitos de voto, o que na prática lhe confere o controlo (quase) total do operador.

A Transdev afirmou que este negócio fortalece a sua estratégia de desenvolvimento em França e no exterior, através da partilha de tecnologias e de know-how em áreas como a digitalização, os veículos autónomos e a sustentabilidade.

A Transdev é um dos maiores operadores no mercado português de transporte rodoviário de passageiros.

 

Tags:

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*