A partir de 1 de Junho, os transportadores rodoviários que já utilizem ou queiram utilizar as auto-estradas ferroviárias da VIIA têm ao dispôr uma nova bolsa de cargas específica, gerida pela Wtransnet.

AE ferroviárias

Na “VIIA+ powered by Wtransnet”, como se apresenta a nova bolsa de cargas multimodal, os transportadores rodoviários de mercadorias poderão encontrar parceiros que assegurem serviços de tracção nas origens/destinos das cargas (assim evitando a imobilização das cabeças tractoras próprias), ou simplesmente encontrar mercadorias que garantam o retorno em carga dos seus trailers ou caixas móveis.

O objectivo é, ainda e sempre, favorecer a optimização dos fluxos de carga (e dos meios a eles associados) e ao mesmo tempo transferir mercadorias da rodovia para a ferrovia.

A VIIA é a subsidiária da SNCF responsável pela gestão e operação de auto-estradas ferroviárias. Actualmente são duas: uma entre os terminais de Aiton (França) e Orbassano (Itália), com cinco viagens diárias em ambos os sentidos, e outra entre as plataformas de Bettenbourg (Luxemburgo) e Le Boulou (França, junto à fronteira com Espanha), com quatro viagens de ida-e-volta/dia.

A nova bolsa será de acesso gratuito nos primeiros três meses, para os clientes da Wtranset e os utilizadores das auto-estradas ferroviária da VIIA.

Tags:

Os comentários estão encerrados.