A Virgin Cruises, do excêntrico milionário Richard Branson, acordou com o estaleiro italiano Fincantieri a construção de três navios de cruzeiro, a serem lançados ao mar em 2020, 2021 e 2022.

Virgin

Segundo Richard Branson, o contrato com a Fincantieri, cuja versão final deverá ser assinada no fim do ano, ascende a dois mil milhões de dólares (1,79 mil milhões de euros).

Os três navios terão dimensão média (cada um com 110 mil toneladas de arqueação bruta), com 1 430 cabines e capacidade para 2 800 passageiros e cerca de 1 150 tripulantes.

O primeiro navio terá a sua base em Miami, tendo a empresa assinado já contrato para isso com o porto daquela cidade da Florida. A companhia pretende oferecer uma gama de itinerários de sete dias nas Caraíbas, com partidas de Miami aos domingos.

“Este é um dia muito importante para a Virgin e os viajantes de todo o mundo”, afirma, citado pela assessoria de imprensa, Richard Branson. “Temos agora os parceiros certos para montarmos uma companhia de cruzeiros de classe mundial, que redefinirá a experiência dos cruzeiros.

“Pretendemos agitar a indústria de cruzeiros e as parcerias com a Fincantieri e a PortMiami prepara a Virgin Cruises para fazê-lo”, considera o executivo da Virgin Cruises,

A Virgin Cruises foi fundada em Dezembro do ano passado, resultado duma parceria entre o grupo de Richard Branson e o fundo de investimento Bain Capital.

Tags:

Comments are closed.