Cinco Volvo FH cumprirão dois anos de testes ao serviço de transportadores.

A Volvo Trucks anunciou hoje o início dos testes de estrada de cinco Volvo FH movidos a Bio-DME (Di-Methyl-Ether), um combustível produzido a partir de gás natural ou de diferentes tipos de biomassa (neste caso, é produzido a partir de um subproduto de polpa).

Os testes serão feitos em toda a Suécia, ao longo de dois anos. Os camiões serão utilizados pela Green Cargo, DHL, Posten Logistiks e pela J-Trans (Volvo Logistics).

O arranque dos testes operacionais tornou-se possível com a inauguração da primeira estação de abastecimento de Bio-DME, localizada em Estocolmo. Seguir-se-ão outras, desde logo em Gotemburgo. O combustível será produzido numa unidade industrial participada pela Volvo Technology Transfer.

Os responsáveis da Volvo Trucks consideram o Bio-DME como “m dos mais promissores bio-combustíveis de segunda geração. Garante uma grande eficiência energética e emissões de GEE extremamente baixas”.

Comparativamente ao CO2, o Bio-DME produz menos 95% de emissões de CO2, e muito baixas emissões de partículas e de óxidos de nitrogénio.

O sucesso do Bio-DME depende, claro, do que seja feito em termos de longo prazo, nomeadamente na produção do biocombutível, no estabelecimento de uma rede de abastecimento e na promoção da procura pelos transportadores.

Comments are closed.