O primeiro voo comercial da ligação aérea Bragança – Portimão, com paragens intermédias em Vila Real, Viseu e Cascais, está marcado para a manhã da próxima quarta-feira, anunciou Carlos Amaro, administrador da Aero Vip, companhia que detém o serviço para os próximos três anos.

Bragança-Lisboa

O avião, com capacidade para 18 passageiros, deverá descolar de Bragança às 7h30 e chegar a Portimão às 10h05. A tarifa base de ida e volta é de 146 euros, de acordo com a informação disponível no site da AeroVip.

Para os passageiros com destino a Lisboa haverá, no aeródromo de Cascais, um serviço “shuttle” de ligação do Marquês do Pombal, oferta da companhia e do aeródromo, acrescentou Carlos Amaro.

Nos percursos de ida e volta entre Bragança e Cascais o preço-base é de cerca de 140 euros. Entre Vila Real e Portimão ronda os 136 euros, entre Viseu e Portimão custará perto de 130 euros e no Cascais-Portimão rondará os 105 euros.

Quanto aos percursos mais curtos, os preços de referência (ida e volta) deverão aproximar-se dos 32 euros entre Bragança e Vila Real, dos 58 euros entre Bragança e Viseu e dos 32 euros entre Vila Real e Viseu.

O serviço disponibilizará pelo menos duas ligações diárias de ida e volta no horário de Verão mas apenas uma horário de Inverno, de segunda-feira a sábado. A diferença é justificada com dificuldades operacionais, uma vez que apenas o aeródromo de Cascais tem condições para operar depois do pôr do Sol e no Inverno os dias são mais curtos.

A Aero Vip receberá do Estado 7,8 milhões de euros pelos três anos de serviço. Esta concessão surge depois de, em Novembro de 2012, o Governo ter suspendido os voos entre Bragança/Vila Real e Lisboa (que já eram realizados pela Aero Vip), com o argumento de que Bruxelas não autorizava mais o financiamento directo de 2,5 milhões de euros/ano à operadora.

Os comentários estão encerrados.