A VW Veículos Comerciais vendeu 491 600 unidades em todo o mundo em 2019, um ligeiro recuo (-1,6%) face às 499 700 unidades do ano anterior.

A Europa Ocidental manteve-se como o mais importante mercado regional em termos de volume para a VW Veículos Comerciais, com um crescimento de 0,5% no ano passado, para 338 600 unidades (337 mil em 2017). Em Portugal, a marca terminou 2019 com 1 132 unidades vendidas, uma descida de 11,1% face às 1 274 registadas no ano anterior.

No Leste da Europa, a Volkswagen Veículos Comerciais atingiu 47 600 unidades, mais 8,8% (43 800 no exercício anterior).

Fora da Europa, na América do Sul houve um decréscimo de 14,5%, para 38 mil unidades. Na América do Norte (México) verificou-se uma subida de 18%, para 11 300 veículos

Em África, a marca vendeu 20 700 veículos (+7,4%) e na Ásia-Pacífico 23 200 (+1,9%, para 26 800). No Médio Oriente, as 12 200 unidades representam uma queda de 35,8%.

Por modelos, a Transporter voltou a ser a gama mais vendida, com 192 455 unidades em 2019 (-4,8%), seguida da Caddy, com 155 136 matrículas (-1,8%), da Amarok, com 72 513 matrículas (-10,4%) e da Crafter, o único modelo que cresceu na marca em 2019, com 70 974 unidades (+21,4%).

 

 

Comments are closed.