O Yildirim Group pretende colocar a Yilport entre os dez maiores operadores mundiais de terminais de contentores até 2025. A Tertir está no radar das compras do conglomerado turco.

Yilport - Yildirim Group

“Yilport pretende estar entre os dez maiores operadores portuários em 2025. É um grande desafio. Mas um dos irmãos [da família que controla o grupo] tem essa visão e está disposto a investir, e é muito entusiasmante ver o potencial de crescimento do portfolio nos próximos anos”, afirmou, no recente TOC Container Supplt Chain, em Roterdão, a directora-geral do terminal da Yilport no porto de Oslo.

Actualmente, a Yilport controla vários terminais na Turquia (Rotaport, Gemport Port, Yilport Gabze e Yilport Gemlik), 50% do Freeport de Malta e um número crescente de terminais na Escandinávia.

“Na região nórdica, temos um terminal em Gavle, na Suécia, o Stockholm Nord Combi Terminal, que começará a operar em Setembro, e assumimos a concessão para operar em Oslo [o Sjursøya Container Terminal] em Fevereiro último”, acrescentou Eryn Dinyovszky.

América Latina e África são as geografias de eleição para a expansão do grupo turco.

Mas Portugal poderá também entrar nas contas. O Yildirim Group já abordou o grupo Mota-Engil para avaliar a compra de 100% da Tertir. Uma aquisição que lhe garantiria uma posição de relevo no mercado português mas também a entrada no mercado espanhol (a TCL controla a 100% o novo terminal de contentores de Ferrol) e na América do Sul (com o porto de Paita).

O Yildirim Group detém ainda uma posição de 27% no capital da CMA CGM, número três mundial no transporte marítimo de contentores.

 

» Yildirim Group interessado na compra da Tertir

Comments are closed.