A Yilport Holding e a DP World são agora sócias na concessionária do terminal de contentores de Paita, no Peru.

A operadora do Dubai anunciou ontem a compra da Cosmos Agência Marítima (CAM), que detém 50% da Terminales Portuários Euroandinos, concessionária do terminal de contentores do porto de Paita, onde começou por ter por parceira a portuguesa Tertir e, mais recentemente, os turcos da Yilport Holding.

O porto de Paita é o segundo do Peru. O terminal de contentores ocupa uma área de 130 mil metros quadrados e dispõe de uma frente de cais de 900 metros, com fundos de -8,3 metros. A sua capacidade é de 250 mil TEU/ano. É o único investimento da Yilport no Peru

A compra da CAM, num negócio de 315,7 milhões de euros, reforça a presença da DP World nas actividades logísticas, permitindo-lhe oferecer serviços porta-a-porta complementares às operações portuárias.

No Peru, a DP World detém também a concessão do terminal de contentores de Callao.  A compra da CAM pode representar um impulso para o terminal de Paita, como complemento/alternativa à oferta de Callao.

Comments are closed.