A Yilport planeia instalar-se na plataforma logística de Leixões, para facilitar as operações do terminal de contentores e oferecer novos serviços.

Não satisfeita com a expansão do terminal de contentores, a Yilport quer reforçar a sua presença em Leixões e entrar terra adentro, instalando-se na plataforma logística do porto nortenho. Numa lógica de complementaridade com o terminal, primeiro, mas tendo em vista alargar o seu portefólio de serviços, depois, a exemplo do que outros operadores de terminais já intentam.

O projecto passa por ocupar uma área de 2,3 hectares no pólo 1 da Plataforma Logística de Leixões, a mais próxima do porto, a 1,5 quilómetros do terminal de contentores. O espaço funcionará como depósito e armazenamento de contentores vazios e cheios, e permitirá oferecer, desde logo, serviços complementares de manutenção e reparação de contentores. Num segundo momento, a ideia é investir em CFS (Container Freight Stations) e contract logistics.

A plataforma logística da Yilport Leixões é mencionada no comunicado emitido pela Yilport Holding a propósito dos resultado recorde alcançado no primeiro trimestre em Leixões. Recorde-se: 182 mil TEU entre Janeiro e Março (mais 8% em termos homólogos) e 71 350 TEU só em Março.

Ainda no primeiro trimestre, sublinha a holding turca, a Yilport Leixões processou 5,3 milhões de toneladas de carga geral, com a carga ro-ro a crescer 3,6%.

Com o terminal a operar próximo dos 100% da capacidade (como a AMT ainda recentemente o assinalou), prosseguem os trabalhos de expansão. Citado no comunicado, Robert Yildirim, presidente e CEO da holding, recorda a encomenda de seis e-RTG, que deverão ser entregues na primeira metade de 2021.

A expansão do Terminal de Contentores Sul, o maior de Leixões, deverá ficar concluída nos primeiros dias do próximo ano, e ainda este ano arrancará o sistema de gestão de operações Navis N4.

O comunicado da Yilport Holding adianta ainda que a reconversão e expansão do Terminal de Contentores Norte está a avançar, referindo a propósito a extensão da frente de cais, dragagens para -16 metros, aumento da capacidade do parque e investimentos em pórticos de cais e de parque.

 

This article has 1 comment

  1. Parabéns à Yilport de Leixões mas é muito urgente entrega e instalação dos novos 6 e- RTG assim como a dragagem para subir e muito a produtividade e chegar 1 milhão TEU