A Transitex vai continuar a alargar a sua presença internacional em 2020, garantiu o presidente da holding Yilport, Robert Yildirim.

Em 2020, a Transitex planeia alargar as suas operações no Norte da Europa e no Médio Oriente, além de investir no reforço da capacidade instalada na África do Sul, quer ao nível das áreas de armazenagem, quer na frota de pesados de mercadorias, refere um comunicado emitido pela Yilport Holding.

O reforço da presença internacional da companhia portuguesa, fundada em 2002, inscreve-se na estratégia da Yilport de oferecer um serviço “one stop shop”, integrando o shipping, os portos e a logística. Por isso, o presidente da holding Yilport e do grupo Yildirim, Robert Yildirim, enfatiza que a Transitex continuará a expandir a sua rede logística global.

Desde que foi adquirida e integrada na Yilport, em 2016, a Transitex estabeleceu-se na Turquia, Suécia e Equador, onde a holding turca detém operações portuárias, além da Tanzânia, Argentina, Uruguai, EUA e Reino Unido. E assim passou de 15 para 21 países.

Nos últimos três anos, a empresa cresceu 34%, destaca o comunicado da Yilport, que sublinha ainda a liderança no transporte de fruta de Portugal e Espanha para o Brasil, e o segundo lugar entre os transitários especializados em cargas refrigeradas no Brasil.

A Yilport é o 12.º maior operador mundial de terminais de contentores, de acordo com o ranking elaborado pela Drewry.

 

 

Comments are closed.